sexta-feira, 25 de abril de 2014

Como prevenir furtos e roubos no condomínios.



Como prevenir furtos e roubos no condomínios.

1-Todos os locais por onde trafegam muitas pessoas durante o dia e noite, necessitam de rígidos mecanismos de prevenção a roubos e furtos.
2-É fundamental o treinamento e reciclagem constante do pessoal responsável pela segurança do seu condomínio,  incluindo-se:
-Porteiros
-Vigilantes
-Seguranças
-Zeladores
-Pessoal da limpeza
-Pessoal da manutenção
3-Vejamos as principais recomendações feitas por especialistas em Segurança:
3.1-Realizar investigação social dos funcionários recém-contratados, bem como, efetuar pesquisas cadastrais das empresas prestadoras de serviços e funcionários terceirizados;
3.2-Estabelecer uma política de controle de acesso em portarias, portões e estacionamentos, controlando o fluxo desses locais, Identificando pessoas e veículos visitantes;
3.3-Rondas preventivas de segurança nas áreas interna e externa  do condomínio;
3.4-Emprego de barreira e obstáculos na maior quantidade possível, dentro de um parâmetro razoável, respeitando também, as disposições e lay-outs internos;
3.5-Emprego de cães e vigilantes em postos avançados, quando possível;
3.6-luminação defensiva e ofensiva, principalmente, nos trajetos estabelecidos para rondas internas noturnas;
3.7-Instalar sensores de presença, invasão, fumaça e termovelocimétricos;
3.8-Evitar estoque de materiais em locais de risco, a fim de não criar um possível foco de incêndio em potencial, bem como, um esconderijo para invasores;
3.9-Proteger devidamente as instalações e equipamentos de
Comunicação, telefones, telex, fax e micros contra possíveis
"grampos";
3.10-Realizar exercícios de simulação frequentes, com dispositivos de Segurança para verificar a presteza de reação dos funcionários;
3.11-Utilização de informantes e de observadores internos e externos;
3.12-Reforço das paredes, visando à proteção contra os disparos de armas de grosso calibre ou potentes em locais que apresentem essa possibilidade;
3.13-Preparação e identificação de abrigos no interior das instalações do condomínio para o pessoal do corpo de segurança e itinerários cobertos até as suas posições;
3.14-Variação e sigilo das medidas e planejamentos de segurança para que as fontes de informações dos marginais não obtenham detalhes precisos sobre elas;
3.15-Manter os equipamentos de prevenção e combate a incêndios devidamente sinalizados, desobstruídos e em condições de pronto uso aos funcionários;
3.16-Ao atender estranhos, manter os portões fechados e as pessoas do lado de fora.
3.17-O portão somente pode ser aberto após:
-Identificar o visitante;
-Avisar o morador sobre a conveniência da entrada;
-Na dúvida, solicitar ao morador para vir identificar tal visitante.
-No caso de entrega de encomendas:
-Avisar o condômino e solicitar sua presença na portaria;
-Na ausência do condômino, receber e guardar para, posteriormente, ser retirado por um morador ou entregue por um funcionário;
-Jamais permita que o entregador leve pessoalmente a encomenda.
-Nos horários de limpeza e recolhimento de lixo, manter as entradas do condomínio fechadas.
-Para abrir o portão da garagem, identificar o motorista e observar se não há risco de alguém penetrar junto.
-Ao receber prestadores de serviços, identificá-los, anotar os dados de seus documentos, avisar o condômino e só permitir acesso às dependências.
Mediante autorização do morador e devidamente acompanhado por um funcionário.
-Na entrada ou saída de pessoas do condomínio, somente abrir o Portão após verificar se não há suspeitos próximos.
4-Para os condôminos
A sua compreensão e colaboração são fundamentais para a segurança do Condomínio, e dos outros moradores;

-Quando chegar ao portão da garagem o morador devera, apagar os faróis, quando for à noite, e acender a luz interna,  abaixar o vidro da porta, em todos os turnos do dia.
-Elogiar as ações dos funcionários que visam a garantir a segurança de todos os condôminos, mesmo quando representam algum transtorno para si ou para suas visitas;
-Ao chegar ou sair da garagem, observar se não há pessoas estranhas ou suspeitas aguardando ou dando voltas até sentir-se em segurança grande parte de assaltos e sequestros ocorrem nesses momentos críticos;
-Ao estacionar seu veículo na garagem, mantê-lo trancado, sem pacotes ou objetos à vista e com o alarme ligado;
-Alertar a portaria para que receba as encomendas feitas ou o avise para que vá atender ao entregador na recepção;
-Quando solicitado à portaria, verificar se o assunto lhe diz respeito, só então descer à recepção para atender;
4.1-Ao contratar empregados (domésticas, babás, motoristas etc.) somente os receber na portaria, exigir documentação e referências, averiguando a autenticidade e veracidade das informações;
4.2-As chaves de todas as dependências não devem ser deixadas com os empregados, mantendo algumas dependências isoladas. Assim como não deixar cópias das chaves na portaria.
5-Administradora/síndico.
5.1-Desenvolver reuniões periódicas com os condôminos a fim de despertar a consciência para a segurança de todos;
5.2-Cadastrar todos os condôminos com dados pessoais, dos veículos e até de parentes próximos, para uso em caso de emergência;
5.3-Estabelecer o sistema de identificação com crachá para todos os visitantes, com assinatura do condômino visitado;
5.4-Acompanhar o andamento de todos os trabalhos realizados no condomínio;
5.5-Na contratação dos funcionários, após exigir documentos e
 referências e certificar-se quanto à autenticidade e veracidade das informações, dar preferência para os que possuam cursos de formação e treinamento.

Postar um comentário